Cola pra dinossauro?

Os nossos adesivos já colaboraram no conserto de fósseis de dinossauros. Isso aconteceu em 1977, quando o Museu de Ciências de Minessota (EUA) fazia sua reforma de expansão e, por conta da trepidação, acabou afetando um esqueleto de 4 toneladas de um triceratope.

Nossos cientistas na época foram convocados para desenvolver um adesivo para conter as rachaduras nos ossos, um desafio arriscado e delicado. Depois de muitos testes, a solução foi descoberta: um epóxi de baixa viscosidade e capaz de durar durante muitos anos.

A solução adesiva resolveu a questão e ainda garantiu que inúmeras gerações pudessem aprender com o triceratope. São projetos como este que demonstram nossa paixão por facilitar a educação de gerações futuras, pois apoiamos e financiamos continuamente exposições e pesquisas.

Confira o conteúdo completo no nosso portal global, clique aqui.

Este foi mais drops de notícias do universo da cola. Confira a gente também no Facebook e Linkedin!